Profissional liberal e sua saúde

5
13248

O tema abordado hoje nem parece pertencer ao universo gráfico, mas é uma grande realidade para quase 80% dos profissionais da área. Acontece que estou “quase” saindo de uma semana cheia de problemas de saúde, tais como, problema na coluna, gripe, e outros mais. Imagine o transtorno em minhas atividades gráficas. Isso acontece com você também?

Perfil do problema

O mundo gráfico é formado por 3 tipos básicos de profissionais: O Dono de gráfica, os funcionários das gráficas e os profissionais liberais.

O dono da gráfica pode até se dar ao luxo de ficar um ou dois dias doente de cama. Mal ou bem, seus funcionários continuarão a desempenhar suas funções e uma ou outra dúvida pode ser tirada pelo telefone. Se você é dono de gráfica e estruturou bem sua empresa, delegando praticamente todas as funções e deixando um substituto para eventuais situações da sua ausência, parabéns!

  • Conheça o nossos Cursos Online e aprenda a criar seus próprios projetos gráficos. Domine o Photoshop, Illustrator e InDesign como um designer gráfico profissional.

Caso a empresa ainda dependa extremamente de você estar por lá, mandando o que cada um fazer, vou te dizer uma coisa… você ainda é um profissional liberal e não tem uma empresa… na verdade só esticou o tamanho dos seus braços.

Os funcionários das gráficas podem se dar ao luxo de ficarem doentes o tempo que quiserem. Caso as coisas não andem, vai ser problema do dono da gráfica e seu salário vai continuar caindo no final do mês. Na verdade providenciar substitutos em caso de falha cabe aos administradores da empresa (o dono ou alguém que assuma esta função).

No caso dos profissionais liberais a coisa toma um vulto muito grande. Simplesmente, se ficar doente, para-se de ganhar dinheiro…em alguns casos se cria um circulo vicioso em que se fica cada vez mais doente devido a falta do dinheiro que não é gerado.

Parece um problema pequeno, mas não é!

A estrutura atual do mercado gráfico está fortemente focada em pequenas empresas e profissionais liberais. São poucas as gráficas com mais de 5 funcionários. Para cada 1 gráfica com mais de 5 funcionários existem mais de 100 pequenas gráficas com menos de 5 funcionários. Posso até afirmar que grande parte é formada apenas por 1 ou 2 profissionais trabalhando sozinhos. Não tenho uma estatística completa, mas deve chegar a 80% dos profissionais da área.

Então, resumidamente, 80% dos profissionais gráficos estão sujeitos a parada total de rendimentos quando tem algum problema de saúde! E por isso, merecem a nossa atenção!

fundo de reserva para profissional liberal

Fundo de reserva

Sabendo que você está sujeito a ficar doente um dia, uma boa providência é formar um fundo de reserva.

Este fundo deve cobrir todas as suas despesas por um período longo, de até uns 3 meses.

Mas, como formar este fundo? A maioria de nós mal ganha o suficiente para cobrir as despesas do mês em que estamos!

Neste ponto  não devemos relaxar! Por mais difícil que seja, devemos reservar parte do nosso lucro para este fundo de reserva.

Só quando você tiver um problema de saúde realmente grande é que você vai dar valor para isso… esta postagem de hoje é para abrir os seus olhos!

Minha sugestão é separar 5% do lucro de todos os serviços e depositar em algum local que não fique muito a vista. Uma poupança numa conta que utilizamos pouco. Uma aplicação que leve uns 2 ou 3 dias para vir para a conta. A ideia aqui é dificultar a retirada do dinheiro, contando com a nossa preguiça natural para proteger o dinheiro.

E sabe aquelas grandes vendas que volta e meia aparecem? Aqueles serviços que conseguem fazer um acerto nas contas atrasadas e acabamos esbanjando o dinheiro quando ele entra? Nestes casos, reserve um valor maior…uns 20% do lucro e jogue lá naquela conta escondida!

Quando você menos esperar, terá montado seu fundo de reserva.

Mas o fundo de reserva não é para usar… ele é realmente para as grandes necessidades. Se ficar doente, não vá direto para ele, tente antes usar o dinheiro disponível nas suas contas normais e aperte o cinto para passar a crise. O dinheiro de reserva só entra para cobrir as despesas em caso de extrema necessidade, por exemplo, faltar dinheiro do giro devido as retiradas extras.

Seguros

Você pode não saber, mas existe um seguro específico para profissionais liberais.

É o seguro profissional, ou DIT (Diária por incapacidade temporária).

Como ele não é muito falado por aí, fui ao google e procurei por “seguro para profissional liberal”. Achei mais de 600 mil resultados e logo nos primeiros é possível fazer um orçamento.

Neste link aqui do blog Seu Dinheiro tem algumas informações sobre os valores. Segundo o blog consegue-se uma diária de R$ 400 pagando cerca de R$ 150 por mês (creio que no máximo por 12 dias).

Mesmo sendo só para 12 dias, já dá para tirar uma pessoa do sufoco.

Mas você tem que estar registrado direitinho, pagando impostos e tudo mais. Mais um estímulo para andar dentro da linha e registrar todos seus ganhos.

Por incrível que pareça, apesar dos custos dos impostos, andar na linha pode ser um grande modo de ficar “literalmente seguro”.

Sócios

Eu já falei aqui em outras ocasiões!

Ter um bom sócio pode ser um grande seguro!

Quando você está sozinho fica muito sujeito às ações do destino. Se ficar doente, se desanimar, se estiver confuso, se estiver com problemas fora do trabalho, tudo pode te tirar do foco e fazer quebrar.

Tendo um sócio a sua chance de insucesso cai para 50% ou menos. Quando um estiver mal, o outro segura a onda. Se ambos estiverem mal, um vai dar força para o outro, e ambos acabam saindo do problema… naturalmente sempre terá um menos mal que o outro, se revezando em estimular e dar força.

Por isso, procure pessoas que você tenha afinidade e faça parcerias. Além de reduzir custos, vai permitir que você trabalhe com mais segurança, principalmente nos casos de problemas de saúde.

Plano de saude coletivo para profissionais liberais

Seguro de saúde ou plano de saúde

Ter um bom plano de saúde, vai resolver parte dos seus problemas. A conta dos médicos e dos hospitais, não vai sair direto do seu bolso. Acaba se tornando uma despesa previsível mensal.

Se você criar cooperativas de profissionais liberais e fizer planos coletivos,o seu custo ainda vai cair bastante. Aqui vale juntar um monte de concorrente.

Se não quiserem cobrir as eventuais falhas de um ou ouro participante, sugira a todos fazerem uma reserva de pagamento de um ou dois meses de prestação. Funciona mais ou menos assim. Cria-se uma conta da “cooperativa” com um administrador responsável pelo pagamento do plano, faz-se o pagamento antecipado do valor de cada cota, quando juntar o valor correspondente a 1 ou 2 meses, contrata-se o plano coletivo com o nome de todos os integrantes.

Todo mês, todos devem depositar a suas partes. Você não deve se preocupar se um ou outro não pagar ou atrasar o pagamento, pois o dinheiro daquele mês já está separado. Aqueles que não pagarem, terão um pequeno tempo para se ajustarem ao pagamento em dia, precisado apenas serem notificados do atraso. Caso persista, basta tirar ele do plano assim que acabar o dinheiro previamente reservado.

Assim todos terão os 2 meses de folga em caso de aperto grave, podendo administrar isto para não perderem seus planos. Os demais terão tempo para conseguir novos interessados no plano coletivo e tempo para que eles provisionem o fundo de reserva.

Não esqueça de colocar em contrato as regras da “cooperativa”. Basta um contrato simples e um termo de adesão, deixando claro que o serviço é prestado pela empresa de saúde e não pela “associação” ou seus administrador.

Você já passou por uma situação desta?

Nesta postagem, eu gostaria da opinião de vocês!

Vocês já passaram por esta situação?

Consegue lembrar de nomes para fazer um plano coletivo?

Que tal se juntarem a partir daqui do blog e formarem grupos?

Crie um grupo com nome da associação, cidade e estado e coloque aqui para juntar interessados.

Está sem grupo? Procure por aqui!

Creio que esta é uma preocupação de muitos leitores que passam por aqui.

Espero que tenham gostado desta postagem.

Vou parar por enquanto para curtir essa dorzinha nas costas e essa tosse que não me larga a dias.

Um abraço a todos!

5 COMMENTS

  1. […] Pesquisadores e profissionais orientam para que haja um balanço na realização das tarefas de um funcionário e que ele possa ter consciência dos seus limites pessoais e de até que ponto é possível ultrapassá-los sem interferir drasticamente na sua saúde. Além disso, obter bons hábitos, como uma alimentação balanceada e prática regular de exercício físico, ajuda a manter o corpo e a mente saudáveis. Tudo isso reflete num desempenho significativo das atividades dentro da empresa, ou até mesmo um profissional liberal, que também precisa se cuidar. […]

  2. Olá tudo bem ,

    Sou de B.H, até já lhe enviei um convite se precisar de alguma coisa,lembra? Pois bem ,estou desenvolvendo o serviço de representação aqui em B.H para uma gráfica chamada Zap gráfica e estou indo relativamente bem ,já fiz o curso 24horas que você indicou , muito bom mesmo e estou fazendo outro em uma escola de desing (estou no avançado)só o que eu sei mesmo é vender, tenho até idéias boas para algumas artes , só que realmente gostaria de ir mais a fundo no negocio entender mais os processos e até começar a fazer a arte sozinho. O que você me recomendaria?? Lembrando vejo seus videos fantásticos quase todos os dias…Obrigado

    • Dei uma olhada na zap gráfica. Parece muito com a AtualCard… mas o telefone é código 31 que é Belo Horizonte… depois fala se eles trabalham direito.
      Continua estudando, e principalmente, treinando.
      Pega artes já prontas e tenta reproduzir o mais próximo possível… é uma boa forma de aprender. Entra também para página do clube do design no facebook… é tipo um clube de arte finalistas e tem sempre alguém mostrando algo novo lá. O clube é fechado,mas é fácil de entrar.
      Eu recomendo o Corel… a maioria das gráficas usa ele. O Photoshop é bom mas apenas para imagens. O Ilustrator parece bom, mas vai te dar problema nas saidas por que todo mundo acaba fechando no Corel e se perde informação.
      Continue assistindo e lendo nossas matérias… elas rarearam um pouco, mas continuarão saindo.

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here